O Dia dos Pais está chegando, época de reunir a família e celebrar uma figura tão importante na vida de todos: o pai. Devemos olhar para o exemplo de São José, que abraçou seu dever tão completamente e lidou com suas responsabilidades de ser pai do Filho de Deus, e buscar inspiração para a jornada da paternidade. Neste Dia dos Pais, como ensinar fraternidade aos seus filhos?

 

 

O que é fraternidade?

A fraternidade é a essência da vida cristã. Com base na fraternidade é que tratamos os outros com compaixão, empatia e amor. O significado da palavra entrega porque ela é um valor tão importante para o cristianismo: é a definição de união, afeto de irmão para irmão.

Foi exatamente isso que Jesus nos ensinou. A mensagem Dele é que devemos nos amar como irmãos e irmãs, cuidarmos uns aos outros sem qualquer preconceito ou julgamentos. É um desafio, sem dúvida, e por isso a fraternidade deve ser ensinada desde muito cedo. 

“Um novo mandamento dou a vocês: Amem-se uns aos outros. Como eu os amei, vocês devem amar-se uns aos outros. Com isso todos saberão que vocês são meus discípulos, se vocês se amarem uns aos outros”. (João 13:34-35)

 

Como ensinar a fraternidade aos seus filhos?

A melhor maneira de ensinar a fraternidade aos seus filhos é sendo exemplo vivo dela. Ser pai é tarefa importante, papel de peso, e vem sim com seus desafios. Um cristão que tem filhos entende a necessidade de estar sempre melhorando, buscando estreitar seu relacionamento com Deus e trazer seus filhos para ele. 

A trajetória para praticar e ensinar a fraternidade aos seus filhos, no entanto, não é complicada. Começa com gestos simples no dia a dia, gentilezas que deixam claro a preocupação com o outro e seu bem-estar; ações e palavras que honrem as diferenças e particularidades de cada um ao nosso redor. 

Trata-se de uma vida que demonstra cuidado com o próximo, seu irmão. O amor fraternal é o responsável por colocar o ser humano como prioridade, unindo todos no mundo em uma grande família.

 

5 Práticas no dia a dia para ensinar a fraternidade aos seus filhos

  1. Incentive a compaixão no dia a dia: converse com seus filhos sobre as dificuldades do outro e como o outro sente de maneira diferente
  2. Seja generoso e incentive o hábito: mostre que dar com amor alegra a Deus, e que compartilhar é uma ação nobre
  3. Explique a importância da integridade: sendo um pai honesto e transparente, que tem diálogo aberto com seus filhos, você os ensinará a ser da mesma forma.
  4. Ensine seus filhos a respeitarem os outros e tratá-los com gentileza e bondade
  5. Mostre a importância da lealdade: por meio de seus relacionamentos, ensine aos seus filhos como devemos ser leais aos nossos, ajudá-los sempre que possível e compartilhar alegrias e tristezas. 

 

Saiba Mais

Como falar sobre empatia com as crianças

Como ensinar as crianças a serem solidárias