O Natal é um tempo sagrado, no qual Deus nos envia o que há de mais precioso, seu filho Jesus Cristo. É a festa da alegria, da luz e da transformação. E, para vivenciarmos esse momento santo em sua plenitude, precisamos, sobretudo, nos conectar intimamente com Deus não somente na noite do dia 24, mas sim ao longo de todo período de preparação.

Esse ritual vai desde as nossas orações em família e as novenas em grupo, até a decoração de nossas casas para o recebimento de Cristo. Neste texto, trouxemos os significados dos principais elementos relacionados ao Natal. Entender cada um deles e refletir ao longo dos preparativos faz parte de uma celebração mais abençoada.

Eu anuncio para vocês a Boa Notícia, que será uma grande alegria para todo o povo: hoje, na cidade de Davi, nasceu para vocês um Salvador, que é o Messias, o Senhor. Isto lhes servirá de sinal: vocês encontrarão um recém-nascido, envolto em faixas e deitado numa manjedoura.” De repente, juntou-se ao anjo uma grande multidão de anjos. Cantavam louvores a Deus, dizendo: “Glória a Deus no mais alto dos céus, e paz na terra aos homens por ele amados.”

Lucas, 2, 1-14

Veja também: Perdão: remédio para alma e para o mundo

1) Estrela

Natal - Estrela

Primeiramente, a estrela representa a luz que brilhou no mundo após o nascimento de Jesus. Ela guiou os magos até Belém, na Judéia, onde Cristo havia nascido, como relata a passagem de Mateus, 2, 1-10.

Tendo nascido Jesus na cidade de Belém, na Judeia, no tempo do rei Herodes, alguns magos do Oriente chegaram a Jerusalém, e perguntaram: “Onde está o recém-nascido rei dos judeus? Nós vimos a sua estrela no Oriente, e viemos para prestar-lhe homenagem.”

Mateus, 2, 1-10

Em nossas casas, as estrelas podem estar presentes nas árvores de Natal, nas luzes e velas e nos ajudam a refletir que, antes de tudo, podemos aflorar as luzes dentro de nossos corações.

2) Árvore de Natal

Árvore de natal

Em segundo lugar, a árvore de Natal é um dos elementos que mais remetem ao espírito natalino e representa os frutos dos reinos dos céus. Ela está por todas as partes e enche os lugares de beleza. Todo ano, sempre que o advento se aproxima, surge o entusiasmo das famílias pelo momento de montá-la. E é justamente por toda essa simbologia e conexão com os valores natalinos, que devemos cultivar esse ritual em nossas casas.

3) Guirlanda

Natal - Guirlanda

Em seguinda, assim como a árvore, a guirlanda nos dá as boas-vindas ao Natal. Colocada nas portas das casas, ela simboliza que aquela família também está celebrando o ritual e se preparando para a chegada de Jesus.

4) Presépio

Natal - Presépio

A simplicidade foi uma das grandes lições deixadas por Cristo. E, dessa forma, no seu nascimento não poderia ser diferente. Jesus veio ao mundo da maneira mais singela e humilde, entre estábulos e animais.

 E Maria deu à luz o seu filho primogênito. Ela o enfaixou e o colocou na manjedoura, pois não havia lugar para eles dentro da casa.

Lucas, 2, 7

No presépio também encontramos os pastores, trabalhadores da época que estavam próximos ao local e um dos primeiros a chegar para adorar a Jesus.

Depois deles vieram os magos guiados pela estrela. Na visita, trouxeram presentes como ouro, incenso e mirra.

O ouro, além de servir como ajuda financeira para a família, representava o reinado de Jesus. A mirra era usada na época para hidratação do bebê e também simbolizava o sacerdócio. Já o incenso tinha a função de proteção e profetização.

A vegetação também está presente na cena do nascimento, representando a integração entre os animais, homens e natureza.

Um Natal único e transformador

Por fim, para fechar, lembramos que, assim como o Natal não se limita somente à noite do dia 24, ele também não pode significar monotonia.

Cada Natal é único e a vivência dele vai depender da experiência individual de cada pessoa. Portanto, quanto maior a preparação, mais abençoada será essa passagem. Entender os significados, preparar a casa, manter as orações e tradições e se unir com a família são alguns dos caminhos.