Todos os dias, milhares de pessoas passam por cirurgias ou tratamentos de saúde que exigem transfusões de sangue. Pacientes com anemia ou hemorragias provocadas por diversas doenças dependem da solidariedade de doadores para sobreviver. Com o surgimento da Covid-19, os bancos de sangue, que já sofriam com a baixa adesão dos voluntários, enfrentam um cenário preocupante. A queda de doações foi de cerca de 30% por causa da pandemia.

Por isso, a Província Marista Brasil Centro-Sul (PMBCS) está lançando a segunda edição do Sangue Marista, campanha idealizada para incentivar a doação de sangue. Ato de extrema relevância em tempos de pandemia.

“A campanha Sangue Marista já acontece há alguns anos, no mês de agosto. Neste ano, com a COVID-19, acompanhamos um mapeamento feito das necessidades emergenciais da sociedade para o período de quarentena e uma delas é a falta de sangue nos bancos dos hospitais. Acidentes e cirurgias não deixaram de acontecer e dependem das doações. Então, entendemos que podemos ajudar com a campanha de sensibilização e incentivo, começando por nossos colaboradores, Irmãos, pais e Leigos Maristas. Assim, servimos e motivamos toda a sociedade”, destaca Elinéia Denis Ávila, coordenadora de Marketing e Comunicação da PMBCS.

Em tempos de pandemia, distribua amor!

A campanha Sangue Marista teve início no dia 13 de abril e será realizada até o dia 29 de maio. Você pode contribuir sendo um doador ou então ajudando a compartilhar essa ideia nas redes sociais, usando a expressão #sanguemaristadoe.

Campanha Sangue Marista 2019

Os bancos de sangue estão preparados para receber os doadores com segurança. Os profissionais estão atentos às medidas de higiene para prevenir a contaminação. E a coleta de sangue está sendo realizada somente com horário agendado, para evitar aglomerações nos postos de coleta.

Entre em contato banco de sangue mais próximo da sua casa para ter informações detalhadas e agende sua doação. Tomando os cuidados necessários, é possível ser solidário e ajudar ao próximo mesmo durante o isolamento. Ademais, uma única bolsa de sangue pode salvar a vida de até três pessoas. 

“Nem sempre podemos contribuir com a compra de alimentos, produtos ou doações financeiras. Porém, quando estamos saudáveis, podemos ajudar o próximo com esse outro tipo de doação que é extremamente importante”, observa Elinéia.

Histórico da campanha Sangue Marista

A campanha Sangue Marista é uma iniciativa que surgiu entre os jovens Maristas integrantes da Pastoral Juvenil Marista (PJM) e do Laicato Jovem de maneira informal, há cerca de cinco anos. Os Maristas eram chamados a se colocarem a serviço do próximo, por meio da doação de sangue e do registro no cadastro nacional de medula óssea, sendo que cada grupo de jovens desenvolvia a ação de acordo com a realidade local.

Em 2019, a ação passou ser realizada pela PMBCS, de forma concentrada, tendo uma campanha de comunicação própria para o engajamento de doadores. Para isso, a colaboração de parceiros também foi essencial. 

No ano passado, a campanha foi realizada no mês de agosto, com encerramento na última semana de setembro, como uma forma de celebrar o Dia do Marista (15 de agosto), dando continuidade à obra de Marcelino Champagnat por meio de um movimento solidário.

Em 2020, em virtude da Covid-19, a realização da campanha Sangue Marista foi antecipada, como forma de incentivar as doações no período de isolamento, já que os bancos de sangue precisam manter os estoques e os hospitais abastecidos durante a pandemia. 

As peças gráficas da campanha fazem alusão ao amor ao próximo, que simbolicamente nos liga uns aos outros, mesmo nesse período de distanciamento social.

Nesse sentido, alguns parceiros também estão colaborando para aumentar o alcance da ação, divulgando em seus canais internos e redes sociais. Entre eles, estão a Unimed Paraná (que tem mais de 10 mil médicos cooperados e mais de 5 mil colaboradores) e a Clinipam (que tem mais de 125 mil vidas associadas, entre clientes de pessoa física e pessoa jurídica). Quer ajudar na divulgação também? Envie um e-mail para pmbcs_comunica@marista.org.br  e seja um apoiador da iniciativa. 

Critérios para ser um doador de sangue

De maneira geral, para ser doador de sangue é preciso:

  • Estar em boas condições de saúde;
  • Ter entre 16 e 67 anos (menores de idade precisam de autorização e presença do responsável legal);
  • Pesar no mínimo 50Kg;
  • Estar descansado e alimentado (evitar alimentação gordurosa nas quatro horas que antecedem a doação);
  • Apresentar documento oficial com foto (carteira de identidade, carteira do Conselho Profissional, carteira de trabalho, passaporte ou carteira nacional de habilitação).

Para saber se você está apto a ser um doador neste momento de cuidados redobrados devido à pandemia do coronavírus, confira as orientações atualizadas da Anvisa e do Ministério da Saúde sobre os novos critérios técnicos para a triagem de doadores.

Encontre o posto de coleta mais próximo de você. Veja aqui.