A pandemia de Covid-19 representa desafios gigantes para as instituições de saúde do mundo todo. Um deles é manter os estoques de sangue estáveis, com quantidade suficiente para atender as demandas advindas de tratamentos médicos e cirurgias, que não podem parar por causa do novo coronavírus. Em situações como essa, a solidariedade de voluntários e o amor pelo próximo precisam falar mais alto. Para incentivar as pessoas a ajudarem os bancos de sangue, no início do mês de abril, a Província Marista Brasil Centro-Sul lançou a segunda edição da campanha Sangue Marista

Dr. Juliano Gasparetto, especialista em Clínica Médica e Medicina Interna e diretor-geral do Hospital Universitário Cajuru (HUC), explica a importância da doação de sangue. “É vital para o funcionamento dos hospitais que atendem emergência, pronto socorro e traumatismos, pois a necessidade de sangue para transfusões que chamamos de maciças (quando grandes volumes de sangue são utilizados durante grandes hemorragias) são diárias. Para vocês terem uma ideia: nos períodos de queda de temperatura, nos meses mais frios (como agora em Curitiba), as doações chegam a cair em 30%. Portanto, é fundamental a doação e participação de toda a comunidade”, afirma.

Arte da campanha Sangue MaristaDemanda de sangue na rede de urgências

O HUC integra a rede de urgências de Curitiba e região metropolitana. Durante a emergência sanitária da Covid-19, a estrutura do hospital foi destinada integralmente para sua vocação. Ou seja, aos atendimentos de urgência e emergência de casos não relacionados ao coronavírus e politraumatismos, para que outros hospitais pudessem ter seus leitos dedicados ao atendimento da pandemia. 

“Estamos trabalhando em capacidade máxima, mantendo todos os programas de humanização e pastoral, dedicando grande parte da nossa gestão em acolhimento e cuidado dos pacientes e colaboradores do nosso jeito Marista”, relata Dr. Gasparetto.

Jeito Marista de agir 

Ir. Benê Oliveira, Superior Provincial da PMBCS, acredita que doar sangue é uma atitude heróica. Um grande ato voluntário de amor e de solidariedade. Quem doa sangue, doa uma nova oportunidade de vida. Ao compartilhar com alguém esse líquido vital, colaboramos com o resgate de muitas vidas”, enfatiza.

Para ele, a ação também é uma maneira de colocar em prática o carisma marista. “Reeditar anualmente a campanha Sangue Marista faz parte da nossa missão, pois seguimos Jesus Cristo e os Seus ensinamentos no Evangelho. Ele que derramou na cruz o seu sangue pela salvação e redenção da humanidade. Para a nossa instituição, é deveras importante abraçar essa causa humanitária e solidária, num momento em que o mundo precisa agir coletivamente contra uma pandemia que tem matado milhares de vidas”, destaca.

Parcerias solidárias

Nesse momento de crise, muitas empresas e instituições estão atuando juntas de maneira solidária. Nesse sentido, a PMBCS também agradece aos apoiadores da campanha Sangue Marista.

“Doar sangue significa salvar uma vida. E esse gesto tão nobre não pode parar nesse período de distanciamento social. Mesmo com a paralisação das cirurgias eletivas, ainda acontecem procedimentos de urgência e acidentes. Por isso, essa corrente do bem precisa continuar. A Clinipam apoia a campanha Sangue Marista e convida todos que atendem os requisitos para a doação de sangue e que não fazem parte do Grupo de risco da Covid-19 para participar. Doe amor, doe sangue”, ressalta Jaqueline Gluck, gerente de marketing & produtos da Clinipam Planos de Saúde, uma das parceiras da ação.

Certamente, essa é uma maneira de agir pelo bem maior, atendendo a uma necessidade atual da comunidade. Confira aqui qual é o posto de coleta mais próximo de você.

Se também quiser ajudar na divulgação da campanha, entre em contato pelo e-mail pmbcs_comunica@marista.org.br e seja um apoiador da iniciativa.